• |
  • |
  • |
  • |
  • |
Área login
Bem-vindo (a).
login Faça seu login ou
cadastro Faça aqui seu cadastro
Lateral esquerda

PARCEIROS

_____________

-------------------------------------

ÁRBITRO (JUIZ ARBITRAL) COMPLETO

1 - Público-alvo: Qualquer pessoa capaz, membro de igreja evangélica ou não, independente de cargos que ocupa ou da denominação a qual está vinculada.

 

2 - Carga horária: 80h/aula. O participante assiste de qualquer lugar com um computador que tenha acesso à internet e que será conectado à nossa sala virtual através de um link com acesso mediante senha a ser fornecida por nós.

 

3 - Dias e horários de realização: Pela nossa metodologia você escolhe o dia e horário para estudar.

Aula PRESENCIAL em:

CAMPINAS - SP: (já iniciada) 09/12/2017 das 09:00 às 18:00 hr

A INICIAR NAS SEGUINTES CIDADES:

GOIANIA-GO: 27/02/2018

RIO VERDE-GO: 01/03/2018

RIO DE JANEIRO-RJ: 05/03/2018

 

PELA INTERNET:  Início aula inaugural em

03/02/2018 das 09:00 às 12:00 horas

Demais aulas, ficarão disponíveis 24h por dia, 07 dias por semana, para o aluno acessar nos dias e horários que lhe for melhor,inclusive de madrugada, finais de semana e feriados. 

 

As horas complementares para fechar a carga horária serão realizadas nas seguintes modalidades:

a) EAD na sala virtual da Oapaz, em dias e horário de livre escolha do participante do curso, conforme descrito acima.

b) Novos encontros presenciais nos dois meses seguintes

c) Através de audiências reais, conforme cronograma a ser acertado com os participantes.

 

As inscrições para este curso já estão se encerrando

INSCRIÇÃO: para fazer a sua, volte ao topo desta página e à direita, próximo ao carrinho clique no botão INSCREVA-SE.

 

4 - Objetivo do curso: Capacitar interessados em atuar na RESOLUÇÃO JUDICIAL de conflitos envolvendo bens patrimoniais disponíveis entre duas ou mais partes, em conformidade com a Lei Federal n.º  9.307/96 e suas alterações..

De acordo com esta lei, "Pode ser árbitro qualquer pessoa capaz e que tenha a confiança das partes".

Quando elas não chegam a um acordo, é ele quem decide com quem está a razão. Quando o processo de mediação e conciliação nao conclui em um acordo é a vez do árbitro atuar. Por isto é imprescindível considerar que, não basta a capacidade civil e a confiança das partes. O árbitro deve ter conhecimentos sobre o assunto de maneira que a capacidade do saber também esteja a serviço do autor, do réu e da arbitragem. E que posteriormente não resulte em nulidade do procedimento arbitral nem responsabilidade sobre danos causados aos envolvidos que lhe confiaram o litígio.

 

A Lei diz ainda:
Art. 17 - Os árbitros, quando no exercício de suas funções ou em razão delas, ficam equiparados aos funcionários públicos, para os efeitos da legislação penal.

e

Art. 18 - O árbitro é juiz de fato e de direito, e a sentença que proferir não fica sujeita a recurso ou homologação pelo Poder Judiciário.

 

O real espírito da lei ao investir o árbitro das mesmas prerrogativas do juiz togado é que sem a investidura não há como um árbitro proferir sentença equivalente à proferida pelos órgãos do Poder Judiciário (artigo 31).

A sentença arbitral é um título executivo judicial (artigo 584 – inciso VI do CPC), logo, somente alguém investido de tais poderes pode emitir documento com tanta representatividade e que encerrasse em seu bojo a exaustão de um processo de conhecimento.

Por isto é recomendável que se faça um curso de capacitação para atuar de forma a ajudar as partes  a encontrar de fato, a solução para o seu conflito. No TRICRIS você fará um curso capacitando-lhe nas mais diversas especializações com o fim de lhe oferecer uma diversidade aliada a uma competência que ofereça a certeza de que o litígio será conduzido por quem realmente entende do assunto e de justiça.

 

5 - Metodologia:

Aulas expositivas, estudo de casos reais acontecidos e participação em audiências reais como aulas práticas.

 

6 - Material didático:

- Apostila;

- Modelos de formulários utilizados nos processos arbitrais;

- Exemplos de casos para estudo;

- Acesso ao conteúdo de arquivos do Tricris – Tribunal Cristão de Mediação, Conciliação e Arbitragem.

 

7 - Faz parte do curso:

Além do material citado acima, será fornecido:

- material de apoio;

- suporte para atuação.

 

INSCRIÇÃO: para fazer a sua, volte ao topo desta página e à direita, próximo ao carrinho clique no botão INSCREVA-SE..

 

8 - MINISTRANTES:

Weslei de Oliveira - Consultor financeiro, mediador e Juiz Arbitral, coordenador do Tricris – Tribunal Cristão de Mediação e Arbitragem e do LUGCON - Lugar de Conciliação. Já ministrou diversos cursos de mediação e arbitragem; realizou diversas palestras em associações e universidade; assessorou na criação de diversas entidades arbitrais; Como Mediador, Conciliador e Árbitro, atuou em centenas de processos de resolução de conflitos, alcançando êxito em mais de 95% deles.

 

Wilson Antônio Moreira - Advogado OAB/RS 50.304 – Juiz Arbitral, Assessor Jurídico de 33 entidades arbitrais nos Estados do RS, SC, MS e MT; Assessorou na fundação de 54 entidades arbitrais nas cidades de Porto Alegre, Passo Fundo, Carazinho, Florianópolis, Maravilha, Jaraguá do Sul, Cascavel, Pato Branco, Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Sinop, Cuiabá e muitas outras cidades dos Estados do RS, SC, MS e MT; professor universitário e especializado na matéria de mediação e arbitragem; já ministrou diversos cursos e realizou diversas palestras;

 

9 – Conteúdo:

AULAS TEÓRICAS:

A Mediação e Conciliação  no Brasil; A Mediação e a Conciliação nas relações de consumo; o  posicionamento; Aspectos e Experiências práticas; Como conduzir audiências de mediação e Conciliação; Comportamento diante dos diversos tipos de litigantes: (temperamentais, agressivos,  irônicos, indecisos, etc);

 

Arbitragem: introdução - Evolução Histórica - Conceito do Juízo Arbitral - Natureza Jurídica e Constitucionalidade

 

NOÇÕES DE DIREITO: Atos e Fatos Jurídicos - Juízo Arbitral de Direito - Juízo Arbitral de Equidade - Ordem Pública e Bons Costumes - Princípios Gerais de Direito - Capacidade

 

CONVENÇÃO DO JUÍZO ARBITRAL: Cláusula Compromissória - Cláusula Compromissória Institucional - Compromisso Arbitral - Contratos de Adesão - Efeitos da Convenção do Juizado Arbitral - Recusa em Firmar Comp. Arbitral - Extinção da Convenção do Juízo Arbitral

 

INTITUIÇÕES DO JUIZADO ARBITRAL: Formação e Funcionamento

 

JUÍZES ARBITRAIS: Escolha do Juiz Arbitral - Impedimentos e Suspeições – Substituição - Responsabilidade Penal e Civil - Arbitro como Juiz de Fato e de Direito - Deveres e responsabilidades do Juiz Arbitral - Substituição do Juiz Arbitral

SENTENÇA ARBITRAL: Irrecorribilidade – Requisitos – Nulidade – Eficácia – Conciliação - Juízo Arbitral - Embargos Declaratórios – Conteúdo - Modificações Advindas com a Lei 9.307/96 no CCP, CC e CDC

 

AULAS PRÁTICAS:

Participação como um dos Árbitros (Juízes Arbitrais) de um colegiado atuando em audiências reais conduzidas por um dos ministrantes do curso.

 

10 - O valor do investimento inclui:

01 - Qualificação, formação e capacitação para atuar como um ÁRBITRO (JUIZ ARBITRAL);

02 - Certificado atestando sua qualificação, formação e capacitação;

03 - Registro em nossa Ordem dos Agentes da Paz;

04 - Credenciamento reconhecendo como membro da Ordem para atuar como um dos nossos Agentes da Paz;

05 – Um porta-documentos em couro legítimo com o Brasão da OAPAZ para se apresentar como um dos nossos Agentes;

06 – A oportunidade de exercer uma ou mais das atividades nas quais atuamos;

07 – O suporte necessário para que esta atividade seja exercida plenamente;

08 – Serviços úteis tais como orientação profissional, informações sobre oportunidades de trabalho voluntário e remunerado, e outros.

e

Após algumas atuações em favor da paz:

09 - Diploma de Honra ao Mérito por atuações em favor da causa da pacificação;

10 - Título de Doutor Honoris Causa por atuações em favor da causa da pacificação;

11 – Inscrição do seu nome no Memorial dos Pacificadores Cristãos.

 


11 - Informações complementares:

1 - Os participantes que fizerem o pagamento à vista e também os primeiros a se inscreverem no curso, terão prioridade para iniciar as aulas práticas em audiências reais, adiantando assim  a conclusão do curso.

2 – Pré-requisito: NÃO precisa fazer os cursos de Mediador e de Conciliador pois este já abrange os dois citados. Mas é necessário ter bom senso, maturidade, idoneidade e responsabilidade.

3 – Algumas das atividades cujos profissionais que a exercem, podem ser ÁRBITRO (JUIZ ARBITRAL): Direito, Psicologia, Pedagogia, Serviço Social, Contabilidade, Economia, Engenharia, Arquitetura, Enfermagem, Medicina, Professores, Empresários, Corretores de Imóveis.

Ideal também para pessoas que ocupam cargos de lideranças, tais como: Diretores de departamentos, líderes comunitários e muitos outros.

 

Exclusivo: Todo aluno terá direito de ser reconhecido como um AGENTE DA PAZ tornando-se membro da Ordem dos Agentes da Paz, recebendo apoio para atuação e demais direitos.

 

INSCRIÇÃO: para fazer a sua, volte ao topo desta página e à direita, próximo ao carrinho clique no botão INSCREVA-SE.

 

QUANTIDADE

Comprar

Informações Atendimento: mande-nos um email para que possamos agendar um horario para lhe atender online Redes Sociais

Horário de Atendimento
De Segunda à Sexta das 9h00 à 18h00



Segurança Formas de Pagamento:

Desenvolvido por:

 
 

Copyright (c) Minha Loja 2012 - Todos os Direitos Reservados

 

Horário de Atendimento

WhatsApp: (19) 9 8102-2320

loja@oapaz.org

(11) 40637965

OK
Copyright (c) OAPAZ VIRTUAL 2018 - Todos os Direitos Reservados